Mário Sottomayor Cardia

Político e professor universitário português, Mário Augusto Sottomayor Leal Cardia nasceu a 19 de maio de 1941, em Matosinhos, e faleceu a 17 de novembro de 2006, em Lisboa. Era casado com a escritora Luísa Ducla Soares. Oriundo de uma família da média burguesia urbana, logo aos catorze anos entrou em rutura com os valores políticos e religiosos familiares. O seu envolvimento na intervenção política acentuou-se desde a campanha eleitoral do general Humberto Delgado (1958). Colaborou na revista Seara Nova, onde foi redator e, depois, chefe de redação em 1968, ano em que se licenciou em Filosofia na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Aderiu ao Partido Comunista em 1971, mas divergências com o líder Álvaro Cunhal levaram-no a abandonar o partido e torna-se um dos membros fundadores do Partido Socialista, em 1973. Foi porta-voz do PS após o 25 de abril e diretor do jornal do partido, Portugal Socialista. Deputado, foi dirigente do partido e ministro da Educação nos governos de Mário Soares. Em 1994, anunciou a sua intenção de se candidatar às eleições presidenciais de 1996, o que não veio a acontecer. Fez o doutoramento em Filosofia, em 1992, e tornou-se professor de Ciência Política, desde a criação do curso em 1997, na Universidade Nova de Lisboa.
Recebeu a Grão-Cruz da Ordem da Liberdade em 1991.
Como referenciar: Mário Sottomayor Cardia in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-12-10 06:50:01]. Disponível na Internet: