Markku Alen

Piloto finlandês nascido a 15 de fevereiro de 1951, em Helsínquia.
Com apenas 17 anos, começou a correr em provas na Finlândia com um Renault 8 Gordino. Rapidamente se tornou num dos melhores pilotos do seu país e, cinco anos depois, em 1973, fez a sua estreia em provas do Mundial de Ralis. A primeira corrida nesta categoria foi o Rali Mil Lagos, no seu país natal, ao volante de um Volvo 142.
Em 1974 iniciou uma longa ligação ao Grupo Fiat e passou a dispor de um competitivo Fiat 124 Abarth. Nesse ano deu nas vistas em diversas provas, nomeadamente no Rali de Portugal, prova na qual se viria a tornar um especialista. Em 1975 venceu pela primeira vez em Portugal e começou aí a ser um dos pilotos mais apreciados pelo público português. Em 1978, com um Fiat 131 Abarth, venceu a Taça FIA (Federação Internacional de Automobilismo), na altura a mais importante competição do mundo de ralis a nível de pilotos. Só no ano seguinte foi criado o Campeonato do Mundo de Ralis.
Sempre ligado ao grupo Fiat, Alen correu posteriormente com carros Lancia de Grupo B, nomeadamente o modelo 037. Apesar do Lancia 037 ser menos potente que a concorrência (Audi), a marca italiana venceu o Mundial de Marcas em 1983, graças às boas prestações de Alen.
Em 1986, Markku Alen esteve muito perto de se sagrar campeão do mundo e chegou mesmo a festejar o título após ganhar com um Lancia Delta S4 a última prova do mundial, o Rali Olympus, nos Estados Unidos da América. Alen estava confiante que um protesto que sua equipa interpusera contra Juha Kankkunen e Peugeot por alegadas irregularidades iria ser aceite pela FIA. No entanto, este organismo deu razão à Peugeot e o título de campeão do Mundo foi entregue a Kankkunen
Em 1987 foram banidos os potentes carros de Grupo B e Alen passou a contar com um Delta HF 4WD de Grupo A. Nesse ano, foi terceiro no Mundial e em 1988 segundo, desta vez atrás do italiano Massimo Biasion. Em 1988 venceu pela última vez uma prova do Mundial, o Rali da Suécia, mas ainda participou no campeonato até à edição de 1992. A partir daí, limitou-se a participações esporádicas em provas do Mundial.
Ao longo da sua carreira venceu dezanove ralis do Mundial, cinco dos quais no Mil Lagos, na Finlândia.
Posteriormente, a sua atividade como piloto prosseguiu no campeonato Andros, caracterizado por ser corrido em pistas de gelo. Markku Alen competia pela equipa da marca alemã Opel.
Como referenciar: Markku Alen in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-20 22:12:53]. Disponível na Internet: