matriz Ansoff

A formulação estratégica é um importante passo no contexto da estratégia global de uma organização, englobando, para além da definição da sua missão e objetivos genéricos, a definição de uma ou mais estratégias empresariais concretas tendo em vista o seu desenvolvimento num determinado sentido.
Nesse contexto colocam-se perante uma organização estratégias alternativas diversas, como sejam a integração vertical (via aquisição de negócios ou empresas a montante ou a jusante da cadeia produtiva), a diversificação (entrada em negócios não diretamente ligados ao desenvolvido pela organização), a internacionalização (entrada em novos mercados geográficos) e a estratégia de adequação da gama de produtos aos mercados-alvo correspondentes.
No âmbito da análise das opções em termos de estratégias de desenvolvimento merece destaque a contribuição de Igor H. Ansoff, que em 1957 apresentou um modelo que ficou conhecido por matriz Ansoff ou matriz produto-mercado.
A referida matriz resulta da consideração de duas variáveis ou dimensões, produtos e mercados, dividindo-se cada uma delas em duas alternativas, atuais (ou já existentes) e novos. Assim, a colocação numa matriz das duas alternativas relativamente a cada uma das variáveis (produtos atuais e produtos novos; mercados atuais e mercados novos) implica a existência de quatro opções estratégicas para uma organização: estratégia de penetração, quando se verifica a existência de produtos já existentes em mercados também já existentes; estratégia de desenvolvimento do produto, quando estiver em causa a criação de produtos novos a comercializar em mercados já existentes ou atuais; estratégia de desenvolvimento do mercado, no caso de se tratar da introdução de produtos já existentes em mercados novos; estratégia de diversificação, nos casos em que esteja em causa a introdução de novos produtos em novos mercados.
O principal objetivo da matriz Ansoff é servir de resumo das opções estratégicas que num determinado momento se colocam a uma organização, sendo a sua utilidade como instrumento de diagnóstico reduzida. Neste contexto, a sua utilidade ao nível da análise estratégica é limitada, sendo utilizados a esse nível outros instrumentos como sejam a análise SWOT (análise das forças, fraquezas, ameaças e oportunidades) e a matriz BCG (que classifica as áreas de negócio de uma organização de acordo com a quota de mercado correspondente e a taxa de crescimento desse mesmo mercado).
Como referenciar: Porto Editora – matriz Ansoff na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-21 13:25:10]. Disponível em