Menir do Barrocal

Monumento megalítico situado na Herdade do Barrocal, perto de Reguengos de Monsaraz, é o maior megálito de todos os existentes no distrito de Évora, com 5,70 metros de altura, e o segundo da Península Ibérica. Foi descoberto por altura do enchimento da albufeira do Alqueva, em inícios do século XXI.
O menir foi encontrado deitado e fora da posição original. Após os estudos efetuados no terreno circundante, foi decidida a recolocação do menir no local e posição iniciais. Para tal, foi organizada uma festa marcada para 23 de setembro de 2006, dia escolhido por ser o do equinócio do outono, respeitando, desta forma, a importância que tinham os equinócios e solstícios na orientação destes monumentos. Foram requeridos mais de 100 indivíduos de cada vez (participaram mais de trezentos voluntários) para erguê-lo sem o recurso à tecnologia moderna. Apesar do empenho, a força humana não foi suficiente para erguê-lo totalmente, pelo que se recorreu a máquinas para completar a tarefa.
Como referenciar: Menir do Barrocal in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-18 08:11:12]. Disponível na Internet: