Merenptah

Faraó da XIX Dinastia, filho de Ramsés II e de Isisnofret, Merenptah, ou Mineptah, sucedeu ao seu pai, visto que os seu irmão mais velho e príncipe herdeiro, Khaemwaset, tinha falecido antes de Ramsés II, que usufruiu de uma vida longa. Quando ascendeu ao trono tomou o nome de Baenre-Merinetjeru ("O ba de Rè-Amado dos deuses") e uma das datas apontadas para o seu reinado são os anos que medeiam 1213 e 1203 a. C., aproximadamente. Sabe-se que uma das suas mulheres foi Istneferet, que poderia ser também sua irmã, e pelo menos um dos seus filhos, Seti II, sucedeu-lhe no trono.
Mênfis seria a cidade mais importante nesta altura, tendo lá sido construídos, pelo menos, um templo e um palácio. Merenptah zelou também para que a memória do seu pai não fosse descuidada, ordenando a decoração da sala hipostila titulada Ramsés II do grande templo menfita dedicado a Ptah. Tebas foi igualmente valorizada com um templo funerário, que utilizou restos de monumentos anteriores.
A Núbia foi uma das principais preocupações deste faraó, como seria de muitos outros. Merenptah viu-se obrigado a reprimir uma revolta neste país logo nos primeiros anos do reinado, tendo igualmente repelido os invasores em direção ao limite oriental do Delta do Nilo. Por ocasião deste último feito inscreveu-se numa estela de granito o relato dos acontecimentos, glorificando a instituição da paz pelo faraó, que tinha igualmente vencido israelitas (pelo que se designa por vezes esta estela de "Estela israelita") e arrasando locais como Ascalon e Gezer. No quinto ano do governo de Merenptah, os Povos do Mar, vindos da Anatólia e do Mar Egeu, e os Líbios aliaram-se para invadir a zona oeste do Egito, o que representou então uma ameaça de grande envergadura. As forças de Merenptah acabaram por sair vencedoras mas estes povos voltariam a tentar a invasão no reinado de Ramsés III. A supremacia real resultante destes acontecimentos foi escrita numa parede ao pé do sexto pílon em Carnac. O túmulo de Merenptah encontra-se no Vale dos Reis, tendo a sua múmia sido encontrada no túmulo de Amenhotep II.
Como referenciar: Merenptah in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-11 14:51:50]. Disponível na Internet: