mergulho

O mergulho, modalidade desportiva aquática praticada desde tempos antigos, está dividido em dois tipos: um que é feito em piscinas, a partir de pranchas e trampolins e cujo objetivo é realizar acrobacias, pontuadas por juízes, antes da entrada na água; e outro que consiste em mergulhar mais fundo e durante o maior tempo possível.
Não se sabe ao certo quando é que, oficialmente, se começaram a disputar provas de mergulho, mas ao que parece nos Jogos Olímpicos da Grécia antiga já havia saltos para a água. Apesar de ser conhecida uma gravura, em Nápoles (Itália), do ano 500 a. C., onde aparece um homem a saltar de uma pequena prancha, e de ao longo dos tempos as pessoas se atirarem de pontes e escarpas para a água, só no século XVII é que o mergulho se transformou numa modalidade desportiva. No início do século XIX, é conhecido que suecos e alemães faziam saltos mortais e acrobacias também sobre a água.
A primeira competição teve lugar em 1883, em Inglaterra, e os atletas mergulhavam em pequenos tanques ou lagos de jardim (curiosamente, por vezes tinham de esperar que os patos saíssem da água para se poderem atirar). O salto consistia num mergulho direto na água. A modalidade desportiva do mergulho estreou-se nos Jogos Olímpicos em 1904, na edição de Paris, com a particularidade de um dos saltos requerer ao atleta que após a entrada na água nadasse submerso o mais possível. Nos Jogos de Londres de 1908, foi adicionada à prova de plataforma uma de trampolim. Quatro anos mais tarde, em Estocolmo, as mulheres fizeram a sua estreia olímpica. Na década de 20, começaram a imperar os saltos acrobáticos, possíveis porque a altura das plataformas era cada vez maior. Atualmente, há saltos da plataforma (10 metros de altura) ou de trampolim (três metros).
O norte-americano Greg Louganis é o maior atleta de todos os tempos, como o atestam as suas quatro medalhas de ouro olímpicas (duas nos Jogos de Los Angeles'84 e outras nos de Seul'88) e os seis triunfos em campeonatos do Mundo. Tornou-se assim o primeiro atleta olímpico a triunfar em edições consecutivas nas duas alturas, mas é de realçar que aos 16 anos já tinha ganho uma medalha de prata nos Jogos de Montreal'76. Nesta época, os norte-americanos dominavam a modalidade, mas a partir de 1996 passou a ser evidente a supremacia da China.
Um tipo de mergulho muito diferente é o que leva as pessoas a nadar em águas mais profundas, normalmente no fundo do mar, com o mínimo de equipamento de ajuda. Tanto pode ser um desporto como um simples ato de diversão. Os mergulhadores permanecem debaixo de água durante vários minutos, socorrendo-se apenas da capacidade dos seus pulmões e de um equipamento simples que consta de uma máscara, um tubo para respirar e barbatanas nos pés. O skin diving, que se popularizou entre 1920 e 1930 no Mediterrâneo e na costa californiana, chamou a atenção do francês investigador Jacques Cousteau, estudioso dos mares, por dar mais liberdade às pessoas para se movimentarem dentro de água, já que não havia ligação ao exterior nem um equipamento pesado a complicar os movimentos. O scuba (self-contained underwater-breathing apparatus - equipamento de controlar a respiração debaixo de água) surgiu em 1943 quando Cousteau, em parceria com um engenheiro francês, desenvolveu um equipamento que era uma espécie de pulmão artificial. O scuba levou à difusão do mergulho submarino, assim como serviu para ajudar a estudar os oceanos e o seu fundo e, consequentemente, barcos afundados.
Como referenciar: mergulho in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-13 10:08:14]. Disponível na Internet: