Meu Amor da Rua Onze

Da autoria do poeta benguelense Aires de Almeida Santos, Meu Amor da Rua Onze foi editado pela União de Escritores Angolanos.
Compilação preparada por alguns amigos, Meu Amor da Rua Onze é o fruto de uma pesquisa e reunião do conjunto de poemas do autor que, por força dos condicionalismos políticos anteriores ao 25 de abril de 1974, se encontravam dispersos. Na verdade, dispondo já, nesta altura, de uma obra admirável, embora escassa, que continha em si mesma a génese da angolanidade, tornava-se imprescindível a sua organização. Embora reunidos apenas depois da independência de Angola, alguns destes poemas foram, no entanto, escritos durante a década de quarenta, período caracterizado por uma fecunda criação literária associada ao aprofundamento da mensagem política de nacionalismo e liberdade. Respondendo ao apelo desta consciência revolucionária, o autor, através de uma escrita "subtil", desenvolve uma poesia de pendor africano perpassada por um lirismo profundamente telúrico, onde as cores, os sons e os cheiros apelam aos sentidos: "(...) No quintal de minha casa/Vestido de prata nas noites de luar,/As sombras das mangueiras/Eram rendas/Espalhadas/Pelo chão".
Reflexo de uma incondicional paixão pela terra adotiva - a cidade de Benguela - os seus poemas constituem-se numa permanente evocação de um espaço e de um tempo que é o da infância, onde se respira, enquanto manifestação da saudade, os ares da sua velha cidade, com as suas acácias e mulembas, os seus bairros típicos e a sua praia morena: "(...) Onde está o meu quintal/Vestido de prata nas noites de luar,/Com rendas de sombras espalhadas pelo chão?/Onde estão esses meninos/Que riam chorando/Dalgum trambulhão?"
Contendo os dezanove poemas escritos pelo autor, esta antologia teve e continua a ter uma grande aceitação nos meios literários nacionais e internacionais, destacando-se, pela sua popularidade, os seguintes textos: "A mulemba secou"; "Quem tem o canhé?" e " Meu Amor da Rua Onze" que simbolicamente deu origem ao título do livro.
Como referenciar: Meu Amor da Rua Onze in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-04-25 07:35:35]. Disponível na Internet: