Miguel Ângelo

Cantor português nascido em 1966, em Lisboa. Em 1982 formou com Fernando Cunha o grupo Delfins, de que é vocalista. O primeiro disco, O Vento Mudou, foi lançado em 1984. Libertação, o primeiro álbum, surgiu em 1987 e um ano depois surgiu U Outro Lado Existe, onde eram abordados temas polémicos da sociedade portuguesa, como a guerra colonial. Os Delfins continuaram a gravar discos de sucesso e a efetuar espetáculos, por vezes recorrendo a tecnologias multimédia.
Em 1988, integra o movimento "Tropa Não", contra o serviço militar obrigatório, de resto um tema abordado pela discografia dos Delfins na época. No ano seguinte, conclui o curso de Arquitetura, na cidade de Lisboa. Juntamente com dois colegas de curso funda um atelier, na capital.
No ano de 1990, pede o estatuto de Objetor de Consciência e cumpre serviço cívico na Câmara Municipal de Cascais, no Departamento de Projetos Municipais, como arquiteto. Um ano mais tarde, é um dos elementos fundadores do projeto Resistência, que viria a ter um sucesso assinalável. Ainda nesse ano, casa-se com Maria Forjaz e nasce a sua primeira filha. Em 1993, em parceria com Fernando Cunha, cria a empresa 1 Só Céu, Audiovisuais, para de seguida fundar estúdios de gravação com o mesmo nome, em Cascais.
O ano de 1994 marca a estreia como ator na peça teatral "Breve Sumário da História de Deus", de Gil Vicente, levada a cena por Carlos Avilez, no Teatro Experimental de Cascais. Ainda nesse ano, assina alguns contos para as revistas Fórum Ambiente e Fórum Estudante, sob o título "Histórias do Delfim". É também da sua autoria a organização do espetáculo "Timor Livre", numa colaboração com a Associação 12 de novembro. Este espetáculo foi transmitido em direto pela TVI e acabaria por dar lugar a um disco/vídeo, sendo as receitas a favor da Resistência Timorense.
A exposição mediática aumenta em 1995, quando integra o júri do concurso televisivo "Seleção Nacional", na RTP. Ainda no mesmo ano, participa no júri do célebre "Chuva de Estrelas", na SIC. Além do nascimento do seu segundo filho, dá a voz a John Smith, no filme "Pocahontas", da Disney. No seguimento dessa ligação, adapta para português as músicas de "Pateta - O Filme". Na cena musical, ainda em 1995, grava um dueto com António Manuel Ribeiro (UHF) para a coletânea de Natal "Espanta Espíritos".
No ano seguinte, volta a participar em filmes da Disney, dando a voz a Woody, em "Toy Story". Nesse filme, Miguel Ângelo é também adaptador, diretor musical e intérprete. A experiência repete-se em alguns temas de "O Corcunda de Notre-Dame", também da Disney. Nesse verão, apresenta o programa "Cantigas da Rua", na SIC.
No ano de 1997, volta a marcar presença num filme da Disney, cedendo a voz ao protagonista de "Hércules".
A ligação ao cinema de animação continua a ter sequência em "Pocahontas II" (1998), repetindo a voz de John Smith. Também em 1998, inicia na RTP o programa "Miguel Ângelo Ao Vivo" e lança o seu primeiro disco a solo de título Timidez, pela editora BMG. Do alinhamento deste disco merecem nota de relevo os singles "Toda A Gente Sabe Que Te Amo", uma versão adaptada dos Divine Comedy e "Só Eu Te Posso Ajudar". Este ano foi particularmente ativo e Miguel Ângelo assina dois temas da banda sonora do filme "Zona J", de Leonel Vieira, e lança o seu primeiro romance de título A Queda de Um Homem (Ensaio Para Romance).
É no ano de 1999 que apresenta o seu primeiro espetáculo ao vivo a solo, promovendo a digressão Marginal, um espetáculo diferente, mais teatral, criado com as canções de Timidez. A primeira parte é assegurada por Fernando Cunha e os Invisíveis, em versão acústica, recriando-se depois em palco o ambiente intimista de um apartamento com vista sobre a marginal. Volta a gravar um tema para cinema, nomeadamente para "Uma Vida de Inseto".
Editou também o seu segundo livro, de título Calor.
O cantor tem-se mantido no grupo Delfins, prosseguindo uma carreira mais marcada pela ligação à banda do que pelo desempenho individual.
Como referenciar: Miguel Ângelo in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-30 07:51:07]. Disponível na Internet: