Mike Hawthorn

Piloto inglês nascido a 10 de abril de 1929, em Maxborough, na Grã-Bretanha, e falecido a 12 de janeiro de 1959, aos 29 anos vítima de um acidente de viação, em Inglaterra. Iniciou-se na Fórmula 1 com 23 anos, em 1952, no Grande Prémio da Bélgica, ao volante de um carro da equipa Cooper-Bristol. No seu ano de estreia participou em cinco corridas e averbou 10 pontos na classificação final de pilotos.
O seu bom desempenho levou-o a uma ascensão meteórica e, logo no ano seguinte, em 1953, Mike transferiu-se para a mítica equipa italiana da Ferrari, tendo alcançado a sua primeira vitória em Fórmula 1 no Grande Prémio de França, disputado no circuito de Reims. Terminou o ano em quarto lugar no mundial de pilotos. Nas épocas seguintes representou várias equipas como a Vanwall, a Maserati e a BRM, antes de regressar à Ferrari, em 1957, juntamente com John Collins.
Em 1958, com um carro da marca italiana, tornou-se no primeiro britânico a ganhar o título mundial de pilotos, derrotando o argentino Juan Manuel Fangio, naquela que seria a sua última época na Fórmula 1.
Outros dos êxitos da carreira de Mike Hawthorn foram as vitórias nas provas "24 horas de Le Mans" e "12 horas de Sebring", em 1955, ao volante de um Jaguar, e a vitória no trofeu da classe Turismo, em 1954, com a Ferrari.
Como referenciar: Mike Hawthorn in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-17 14:27:19]. Disponível na Internet: