Mónaco

Geografia
Principado do Sul da Europa, um dos pequenos Estados europeus. Forma um enclave no Sul da França, na área de veraneio da Côte d'Azur (Riviera Francesa). Ocupa uma área de apenas 1,95 km2 e compreende três núcleos urbanos: Monte Carlo, La Condamine e Mónaco.

Clima Tem um clima mediterrânico, com características amenas ao longo de quase todo o ano.

Economia
A principal atividade económica do principado é o turismo, pelo que a densidade de hotéis é grande. Os residentes são funcionários públicos, empregados de comércio e turismo ou trabalham em indústrias de mecânica e eletrónica.

População
Tem uma população de 32 543 habitantes (2006). As taxas de natalidade e de mortalidade são, respetivamente, de 9,19%o e 12,91%o. A esperança média de vida é de 79,69 anos. Nem o IDH nem o IDG foram atribuídos. Estima-se que, em 2025, a população seja de 34 600 habitantes. Os habitantes do Mónaco são, na sua maioria, franceses, naturais do Mónaco e italianos. A religião mais praticada é a católica e a língua oficial é o francês.

Arte e Cultura
No casino existe um teatro desenhado por um arquiteto francês no século XIX e este é também o espaço dedicado à ópera de Monte Carlo. Nos anos vinte, muitos foram os ballets russos que tiveram nesta sala a sua estreia.

História
O seu povoamento remonta aos Fenícios, Gregos e Cartagineses. Fez parte do Império Romano e tornou-se uma possessão genovesa no século XII. A família guelfa Grimaldi, de Génova, em 1297 conseguiu a soberania plena do território graças à proteção de Luís II de Anjou. Foi protetorado espanhol entre 1542 e 1641. Durante a Revolução Francesa, o território foi anexado pela França. A família Grimaldi foi aprisionada, tendo um dos membros sido guilhotinado. A família Grimaldi voltou ao poder em 1814 e um ano depois o principado tornou-se protetorado da Sardenha, ao abrigo do Congresso de Viena realizado em 1815; mas, em 1861 voltou para a proteção francesa.
Em 1940 foi ocupado pela Itália e três anos depois pela Alemanha. O território foi libertado em 1945. O príncipe Rainier III subiu ao trono em 1949 e o seu filho Alberto nasceu em 1958. É nesta família que se tem mantido o principado do Mónaco. O poder legislativo é dividido entre o príncipe e o parlamento (conselho nacional com 18 elementos, eleitos por sufrágio universal). A França está envolvida no governo do Mónaco, participa na escolha do chefe do governo. Em caso de extinção da dinastia de Grimaldi, o Mónaco passará a protetorado da França.
Em 1993 o Mónaco passou a fazer parte das Nações Unidas, já que desde 1955 tinha estatuto de observador.
Como referenciar: Mónaco in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-21 05:35:11]. Disponível na Internet: