mortalidade

A mortalidade refere-se à morte de indivíduos numa população e pode ser expressa como o número de indivíduos num determinado período de tempo ou como uma taxa específica, em percentagem da população total ou qualquer parte dela. A taxa de mortalidade é equivalente à "taxa de morte" da demografia humana.
A mortalidade ecológica ou realizada - a perda de indivíduos numa dada condição de ambiente - não é uma constante, antes varia com o tipo de população e com as condições ambientais. Há teoricamente uma mortalidade mínima, constante para a população, que representa as perdas sob condições ideais ou não limitantes. Isto é, mesmo nas melhores condições, os indivíduos morrerão de "velhice", determinada esta pela sua longevidade fisiológica, a qual é muitas vezes muito maior do que a longevidade ecológica média.
As taxas de mortalidade por idades indicam a frequência de mortes relativamente ao número de indivíduos em cada classe de idade. A taxa de mortalidade infantil é calculada para as idades compreendidas entre o nascimento e um ano, tendo particular importância para medir o estado sanitário dos povos. A mortalidade infantil divide-se entre mortalidade neonatal, que se refere a crianças de 0 a 28 dias, e a mortalidade pós-natal ou tardia, que vai dos 28 dias até ao ano de vida.
Como referenciar: mortalidade in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-20 04:24:27]. Disponível na Internet: