Mucoráceas

Família da ordem zigomicetales, que é constituída por fungos terrestres e que vivem sobre matéria vegetal e animal. Geralmente são saprófitos e raras vezes são parasitas. Uma das espécies mais difundida é o Mucor mucedo, cujo micélio muito ramificado, sem tabiques, forma um musgo branco sobre matérias orgânicas como o estrume, o pão, etc. As hifas absorventes, que atravessam o substrato nutritivo, formam-se elevando-se no ar tubos micélicos verticais, em que cada um deles termina por um esporângio esférico, no interior do qual se formam zoósporos, que como adaptação à vida terrestre originam um grande número de esporos inamovíveis, resistentes à dissecação e são providos de membrana. Os esporos são arredondados e polinucleados.
O Mucor mucedo, também conhecido por bolor-do-pão, é dioico o que significa, que só se reproduz sexualmente quando se encontram mucélios de sexo diferente. Para que esta fusão ocorra, os dois ramos avançam pelo seu extremo, por ação quimiotrófica, avançam um para o outro e uma vez em contacto isola-se o ápice de cada ramo por um tabique transversal, de modo a delimitar-se um gametangio, plurinucleado em cada ramo.
A diferenciação sexual do gametangios não os distingue em anterídios e ogómios. No interior do gametângio não se formam gâmetas, mas fusionam-se entre si os gametângios inteiros e constituem um zigoto verrugoso, dentro do qual se acopulam por pares os numerosos núcleos de sexo distinto e se fusionam. A divisão redutora e a determinação do sexo dos núcleos ocorre logo, na germinação que ocorre depois de um período de repouso. Na germinação do zigoto da maior parte das Mucoráceas origina-se diretamente um esporângio que originará o bolor-do-pão.
Como referenciar: Mucoráceas in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-03-20 10:59:07]. Disponível na Internet: