Museu da Marinha

O Museu da Marinha, inaugurado oficialmente a 15 de agosto de 1962, encontra-se instalado nas alas poente e norte do Mosteiro dos Jerónimos, na freguesia de Santa Maria de Belém, em Lisboa.
Considerado Organismo Cultural da Marinha de Guerra Portuguesa, a sua missão, mais do que relevar exclusivamente os assuntos militares navais, é salvaguardar e divulgar o passado marítimo português e tudo o que se relaciona com os mais diversos aspetos e atividades humanas marítimos. Foram peças fundamentais para o crescimento e a consolidação deste museu os modelos de navios existentes no Palácio da Ajuda, doados pela rainha D. Maria II à Real Academia dos Guardas-Marinha, predecessora da Escola Naval, assim como uma coleção de testemunhos relacionados com a atividade marítima portuguesa, cuja constituição foi decretada pelo rei D. Luís, em julho de 1863.
Em 1916, um incêndio de grandes proporções ocorrido nas instalações do Antigo Arsenal da Marinha destruiu grande parte da coleção entretanto reunida.
O Museu da Marinha começou a tomar forma a partir de 1934, ainda na Escola Naval, tornando-se uma componente ativa de formação. O investigador Henrique Maufroy de Seixas, um homem abastado que dedicou a sua vida ao estudo de temas relacionados com o mar, assumiu uma importância vital para esta instituição, ao legar-lhe, em 1948, a sua vasta e valiosa coleção particular, a que chamou Museu Naval. No entanto, no seu testamento obrigava a que o edifício que viesse a albergar a sua coleção fosse suficientemente digno, razão pela qual os Mosteiros dos Jerónimos foram apresentados como candidatos. Até 1962, data em que o Museu da Marinha foi definitivamente instalado naquele imóvel, o seu acervo seria deposto provisoriamente na Biblioteca e Museu de Marinha sendo, posteriormente, transferido para o Palácio dos Condes de Farrobo, no Palácio das Laranjeiras.
Como referenciar: Museu da Marinha in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-09 05:37:34]. Disponível na Internet: