Naguib

Pintor moçambicano, Elias Abdula Naguib nasceu em 1955, em Tete, Moçambique.
Engenheiro civil de formação, Naguib foi aluno de pintura do mestre José Carlos Pádua e iniciou a sua carreira, em 1977, numa exposição coletiva, em Maputo. Em 1986, realizou a sua primeira exposição individual, também na capital moçambicana, onde passou a residir. Pela qualidade dos seus trabalhos, tem vindo a adquirir grande prestígio a nível internacional.
Em Moçambique, está representado no Museu Nacional de Arte (Maputo), na Assembleia Nacional e no palácio presidencial, assim como em coleções públicas e privadas de Portugal, Suécia, Suíça, Itália, Estados Unidos da América e Zimbabwe. Sócio-honorário do Aeroclube de Moçambique, Naguib oferece, todos os anos, à instituição trabalhos caricaturais sobre aeronáutica.
Nas suas obras, predominam referências não só à cultura moçambicana, através de espontaneidade, força e colorido de alguns dos seus quadros, como também aos períodos de guerra e de reconstrução do país, cujos dramatismo e tensão estão bem acentuados. Destacam-se os quadros "Quero Ser Tambor", baseado no poema de José Craveirinha, "Canções para Meditar", "Grito de Paz "e "Sementes de Amor".
Como referenciar: Naguib in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-05-12 19:05:46]. Disponível na Internet: