Nana

Romance de Émile Zola (1880), o nono da série dos Rougon-Macquart. Nana, cantora de variedades falhada, torna-se uma cortesã; conduz alguns ao suicídio e arruína e humilha outros; a personagem conhecerá uma morte lamentável.
Esta história conheceu uma adaptação cinematográfica, do realizador Jean Renoir (1926), com a participação de Catherine Hessling, e uma outra de Christian-Jaque (1954), com Martine Carol.
Como referenciar: Nana in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-12 13:45:43]. Disponível na Internet: