Artigos de apoio

Natalie Wood
Atriz norte-americana, batizada Natalia Nikolaevna Zakharenko, nasceu a 20 de julho de 1938, em San Francisco. Filha de emigrantes russos, apareceu pela primeira vez no grande ecrã com apenas cinco anos no filme Happy Land (1943). Tornou-se uma das atrizes infantis mais requisitadas, o que levou a sua família a mudar-se para Los Angeles. Apareceu em filmes como Tomorrow is Forever (Amanhã Viveremos, 1946) ao lado de Claudette Colbert, The Ghost and Mrs. Muir (O Fantasma Apaixonado, 1947), The Jackpot (1950), The Blue Veil (O Véu Azul, 1951), The Star (A Estrela, 1952) ao lado de Bette Davis e The Silver Chalice (O Cálice de Prata, 1954) onde contracenou com Paul Newman. O primeiro filme "adulto" da atriz foi o célebre Rebel Without a Cause (Fúria de Viver, 1955). Ao lado de James Dean e de Sal Mineo, encarnou a personagem de Ruby, uma estudante liceal com espírito rebelde. O seu papel valeu-lhe uma nomeação para o Óscar de Melhor Atriz Secundária, bem como a sua ascensão a ícone de uma juventude alienada. Em 1957, casou-se com o ator Robert Wagner e, rapidamente, foram-lhe oferecidos papéis mais maturos. Em Splendor in the Grass (Esplendor na Relva, 1961), fez par romântico com Warren Beatty e assumiu um papel extremamente dramático de uma jovem que, após uma série de infortúnios, tenta reconstruir a sua vida. Tal performance valeu-lhe uma justa nomeação para o Óscar de Melhor Atriz. Nesse mesmo ano foi protagonista de um dos filmes mais emblemáticos da história do cinema: West Side Story (Amor Sem Barreiras, 1961), um musical que procurou transpor para Nova Iorque uma história de amor similar à de Romeu e Julieta. Estava no auge da sua carreira: Love With the Proper Stanger (Amar um Desconhecido, 1963) valeu-lhe uma nova nomeação para o Óscar de Melhor Atriz. Nesse mesmo ano, divorciou-se de Wagner. Apesar desse revés, os êxitos sucediam-se: Sex and The Single Girl (1965), The Great Race (A Grande Corrida à Volta do Mundo, 1965), This Property Is Condamned (A Flor à Beira do Pântano, 1966) e Bob & Carol & Ted & Alice (Bob e Carol e Ted e Alice, 1969). Por opção própria, Wood passou os três anos seguintes sem filmar, dedicando-se exclusivamente à família. Em 1972, casou-se novamente com Wagner, mas a sua estrela já se havia eclipsado um pouco: os bons papéis rareavam, pelo que teve que aceitar papéis em telefilmes e minisséries. A 29 de novembro de 1981, no intervalo das filmagens de Brainstorm (Tempestade Cerebral, 1983), Wood e o marido deram uma pequena festa no seu iate. Horas depois, o seu corpo foi encontrado a boiar nas águas em circunstâncias que nunca chegaram a ser esclarecidas.
Como referenciar: Natalie Wood in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-07-27 07:47:27]. Disponível na Internet: