necessidades económicas

No domínio da ciência económica, uma necessidade é uma situação em que uma pessoa e/ou uma comunidade sentem a falta de qualquer coisa (um bem ou um serviço), correspondendo, simultaneamente, a um certo mal-estar e a um desejo.
Utilizam-se com frequência vários critérios para classificar as necessidades económicas. De acordo com a sua natureza, elas podem ser primárias (as que têm obrigatoriamente que ser satisfeitas, sob pena de o indivíduo não sobreviver, como a alimentação, a habitação e os cuidados de saúde), secundárias (referentes ao que é necessário, mas não essencial, como é o caso do acesso a bens culturais e da deslocação automóvel) e terciárias (supérfluas, como são as joias e o turismo).
As necessidades podem ainda ser individuais (se disserem respeito a uma só pessoa individualmente considerada - é o caso da alimentação e do vestuário de cada um de nós) ou coletivas (se respeitarem a toda a sociedade, como a segurança pública e a defesa nacional).
Por último, atendendo à sua onerosidade, as necessidades serão consideradas não-económicas se a sua satisfação não obrigar a dispêndio de dinheiro (é o caso do ar que respiramos) e económicas se obrigar (como sucede com o transporte e a diversão).
Como referenciar: necessidades económicas in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-10 14:03:16]. Disponível na Internet: