Noam Chomsky

Linguista e ativista político norte-americano de origem judaica, Avram Noam Chomsky nasceu a 7 de dezembro de 1927, em Filadélfia (Pensilvânia).
Completou licenciatura e doutoramento no que viria a designar por gramática transformacional (Transformational Analysis, 1955) em Linguística na Universidade da Pensilvânia. Os fundamentos principais desta dissertação viriam a ser publicados na Syntactic Structures, 1957, obra que marcou o nascimento do novo paradigma em linguística, após o estruturalismo, a gramática generativa.
É Professor de Linguística no MIT – Faculty of Linguistics (Massachusetts Institute of Techonology) desde 1955, tendo obtido nomeação definitiva como Professor do Departamento de Línguas Modernas e Linguística (atualmente Departamento de Linguística e Filosofia) em 1961. Entre 1966 e 1976 recebeu o prémio Ferrari P. De Professor em Linguística e Línguas Modernas. Chmosky foi professor convidado em Princeton (New Jersey), em Oxford (Inglaterra), em Cambridge, Nova Deli, entre várias outras instituições.
Chomsky recebeu inúmeros graus honoríficos e homenagens de várias universidades americanas (Universidade de Chicago, de Massachusetts, da Pensilvânia, de Georgetown, Columbia, de Connecticut, de Western Ontario, etc) estrangeiras (Universidades de Lodres, de Deli, de Buenos Aires, de Rovira I Virgili, de Tarragona, Toronto, Calcutta, etc). Recebeu vários outros prémios, de entre os quais o Prémio de Notável Contributo Científico, atribuído pela Associação Americana de Psicologia, o Prémio Kyoto em Ciências, a medalha Helmholtz, o Prémio para a Paz Dorothy Eldridge, a medalha em Ciências Cognitivas e Computacionais Ben Franklin, etc.
Os seus trabalhos no âmbito da relação entre o pensamento e a linguagem lançaram as bases do mais recente paradigma em Linguística, o Cognitivismo. Chomsky desenvolveu trabalhos científicos em teoria linguística, sintaxe, semântica, filosofia da linguagem. É considerado o principal fundador da gramática generativa (generativismo) e o responsável pelos seus desenvolvimentos teóricos, como a Ttoria da regência e da ligação, a teoria dos princípios e parâmetros, o programa minimalista, a teoria pptimalista, entre outras.
A par da sua faceta de linguista, Chomsky é uma das figuras mais conhecidas da esquerda norte-americana, definindo-se a a si próprio como anarquista. Chomsky fez-se notar pela sua oposição ao envolvimento norte-americano na Guerra do Vietname e na Guerra do Iraque, exprimindo as suas opiniões políticas em diversos livros e artigos sobre política americana e internacional, tais como American Power and The New Mandarins, At War with Asia; Peace in the Middle East?; The Political Economy of Human Rights, Vol. I and II (with E.S. Herman); Towards a New Cold War, Radical Priorities; Fateful Triangle; On Power and Ideology; The Culture of Terrorism. Chomsky possui um arquivo imenso, em grande parte disponível na web, onde se podem ler e ouvir entrevistas, palestras, artigos de opinião, crónicas em que o autor manifesta as suas posições políticas a respeito das decisões do governo americano.
De entre os seus inúmeros trabalhos, destacam-se:
1957, Syntactic Structures, Mouton, The Hague.
1965, Aspects of the Theory of Syntax, Cambrigde, Mass.: MIT Press.
1966, Cartesian Linguistics, Harper and Row, New York.
1966, Topics in the theory of Generative Grammar, Mouton, The Hague.
1968, Sound Pattern of English (com Morris Halle), Harper and Row, New York.
1968, Language and Mind, Harcourt, Brace, New York.
1975, Reflections on Language, London, Temple Smith.
1977, Essays on Form and Interpretation, Noth-Holland, New York.
1981, Lectures on Government and Binding, Dordrecht: Foris.
1986, Knowledge of Language: Its Nature, Origine and Use, Praeger, New York.
1988, Language and Problems of Knowledge: The Managua Lectures, Cambrigde, Mass.: MIT Press.
1993, A minimalist program for a linguistic theory, in Halle e Keyser.
1995, The Minimalist Program, Cambrigde, Mass.: MIT Press.
Como referenciar: Noam Chomsky in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-18 21:17:01]. Disponível na Internet: