Noble Willingham

Ator norte-americano nascido a 31 de agosto de 1931, em Mineola, no estado do Texas, e falecido a 17 de janeiro de 2004, em Palm Spring, na Califórnia.
Desde jovem, acalentou o sonho de representar mas, depois de se graduar em Psicologia Educativa na Universidade de Baylor, tornou-se professor de Economia em Houston. Enquanto estudava trabalhou em unidades de extração de petróleo em campos texanos.
Em 1971, participou numas audiências e conseguiu integrar o elenco de The Last Picture Show (A Última Sessão), um grande sucesso cinematográfico realizado no Texas por Peter Bogdanovich. Este realizador voltou a contratá-lo para, dois anos mais tarde, entrar em Paper Moon (Lua de Papel), lançando definitivamente Willingham como ator. Sempre como ator secundário, Noble Willingham entrou em filmes como Chinatown, de 1974, Good Morning Vietnam (Bom Dia Vietname, 1987), La Bamba, de 1987, City Slickers (A Vida, o Amor e… As Vacas, 1991), The Last Boy Scout (A Fúria do Último Escuteiro, 1991) e Ace Ventura, de 1994.
Paralelamente ao cinema, Noble Willingham desenvolveu uma carreira de ator de televisão tendo entrado, a partir de 1971, em séries como Bonanza, A-Team, Caminho das Estrelas, O Homem da Atlântida, Dallas, Os Três Duques, L.A, Law e Crime, Disse Ela.
Noble Willingham ganhou notoriedade na série televisiva Walker, Texas Ranger, onde desempenhava o papel de um dono de um bar, que tinha sido guarda-florestal. A sua personagem dava conselhos a um guarda-florestal chamado Cord Walker, interpretado por Chuck Norris. Willingham trabalhou na série entre 1993 e 1999, altura em que abandonou o papel para se dedicar à política. Em 2000 concorreu pelo Partido Republicano para obter um lugar no Congresso norte-americano, mas foi derrotado pelo candidato dos democratas.
Após esta experiência falhada na política, Willingham regressou ao cinema para participar no filme Blind Horizon, com Val Kilmer, em 2002. Este filme só viria ser lançado no circuito comercial após a morte de Noble Willingham em janeiro de 2004.
Como referenciar: Noble Willingham in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-23 16:55:05]. Disponível na Internet: