Novgorod

Cidade da Rússia sobre o rio Volkhov à saída do lago Limen. Desde a Idade Média que se tornou numa cidade comercialmente importante na rota do Báltico.
O nome da cidade aparece mencionado pela primeira vez em 859, tendo sido governada pelos varegues. O varegue Riourik tornou-se o chefe e fundou juntamente com o seu sucessor Oleg o Estado de Kiev. A cidade só se libertaria da tutela de Kiev em 1136, tornando-se numa cidade de livre comércio, geralmente denominada de República Feudal de Novgorod até 1478. Foi esta circunstância que esteve na origem da sua ascensão económica. Dominava as cidades do Noroeste da Rússia. Os boiardos (nobres russos) iniciam no século XII expedições comerciais e militares desde o lago Onega até ao norte do Ural, submetendo os naturais ao pagamento de tributos. Novgorod encetou relações comerciais com as cidades germânicas e escandinavas que ali estabeleceram as suas feitorias. As suas manufaturas alcançaram um grande desenvolvimento que se refletiu na conservação dos privilégios das guildas e das corporações até fins do século XVI. Até esta altura Novgorod foi uma das três cidades principais da Moscóvia. Em 1570 foi arrasada por Ivan IV. A criação de São Petersburgo no século XVIII transformou-a numa pequena cidade provincial.
A cidade é dividida pelo rio Volkhov e na margem esquerda, chamada Sofiiskaia, é onde se encontra a cidadela, repositório dos monumentos mais significativos. A sua arte é de influência bizantina mas também tem a marca da sua originalidade regional. Geralmente as igrejas são pequenas e cupuladas. Foi conservada a tradição do trabalho da madeira e da pedra. O edifício mais antigo com as suas seis cúpulas douradas é a Catedral de Santa Sofia construída em 1050, com nítidas influências de Santa Sofia de Constantinopla relativamente à sua planta. Destacam-se também a Igreja de São Nicolau, o Taumaturgo, de 1113, principalmente os seus frescos; a Catedral de São Jorge; a Igreja de S. Fedor e a Catedral da Transfiguração, ambas construídas no século XIV; e a Igreja de São Sérgio e de Santa Maria do Socorro do século XV. Ainda no plano artístico destaca-se a sua escola de pintura do século XI ao século XVI.
Novgorod integra a lista Património Mundial da UNESCO sob a designação Monumentos Históricos de Novgorod e Arredores.
Como referenciar: Novgorod in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-24 08:02:17]. Disponível na Internet: