Nuku'Alofa


Aspetos Geográficos
Capital e maior cidade do Tonga, Nuku'Alofa situa-se na ilha de Tongatapu, a principal ilha do arquipélago que forma o país, no oceano Pacífico, entre a Nova Zelândia e o Hawai. Possui cerca de 34 000 habitantes (2006).

História e Monumentos A área onde se situa a cidade foi visitada por europeus pela primeira vez no século XVII. A cidade foi escolhida para residência do governador de Tongatapu, Tu'i Kanokupolu, cerca de 1795, apesar de não ser a capital. No início do século XIX, Tupoumalohi construiu ali uma fortaleza. Apenas em 1845 se tornou a capital do Tonga, por ordem de Taufa'ahau I, embora permanecesse apenas uma pequena aldeia que começava a crescer lentamente. Em 1942, o exército norte-americano construiu aqui uma nova doca. Após os anos 60, a cidade começou a crescer rapidamente, absorvendo aldeias antigas que se situavam à sua volta, como Tofoa. Fez parte do Império Britânico entre 1900 e 1970. Em novembro de 2006, uma revolução, causada pela falta de medidas para aprofundar a democracia no país, originou a destruição de alguns edifícios governamentais. O Palácio Real é o seu principal monumento.

Aspetos Turísticos e Curiosidades
A cidade é centro de transportes do país, limitando-se aos rodoviários, uma vez que não existem caminhos de ferro. Muitas famílias possuem atualmente automóvel, começando a intensificar-se o tráfego. O porto é o único de águas profundas da ilha, sendo esta uma das razões para aqui se ter implantado a capital do país. O seu principal mercado chama-se Talamahu.


Economia
A cidade é o centro do país a nível político, comercial e de transportes. A economia está muito dependente das remessas dos seus emigrantes. O pequeno comércio é dominado por imigrantes chineses. Existem ainda algumas pequenas indústrias de artesanato. O turismo é ainda incipiente, mas começa a ser uma aposta de futuro. É servida pelo aeroporto internacional de Fua'amotu, no sul da ilha, a 35 km de distância.
Como referenciar: Nuku'Alofa in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-10-22 01:53:21]. Disponível na Internet: