Nuno Portas

Arquiteto português nascido em 1934, em Vila Viçosa. Cursou Arquitetura na ESBAL - Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa, tendo concluído os seus estudos na ESBAP - Escola Superior de Belas-Artes do Porto, em 1960.
Apesar da diversidade da sua obra arquitetónica, constituída maioritariamente por parcerias com outros arquitetos - inicialmente com Nuno Teotónio Pereira, com quem realiza a Igreja do Sagrado Coração de Jesus (Lisboa, 1961-1970, Prémio Valmor de 1974), posteriormente com Camilo Cortesão no conjunto habitacional Somincor, Castro Verde -, a sua atividade destaca-se através do conjunto teórico desenvolvido, atividade que inicia ainda como estudante, na revista Arquitetura. Neste campo assume um papel fundamental na divulgação da arquitetura portuguesa no estrangeiro, demonstrado através da sua obra publicada, que incluí títulos como Architectures à Porto, Madraga, 1990, e Portogallo, Archittectura, Gli ultimi vent'anni, com Manuel Mendes, Electa, Milão, 1991. Em 1974, como membro do Governo, participou na elaboração do programa SAAL (Serviço Ambulatório de Apoio Local), focalizando o seu trabalho a partir de então nas áreas de planeamento urbano, campo onde se assume como um dos mais importantes teóricos a nível nacional e internacional. Mediante este facto, participou em numerosos colóquios, seminários e conferências no estrangeiro, nomeadamente no Brasil, país com que mantém estreitas afinidades.
Lecionou na ESBAL, de 1965 a 1969, onde foi assistente, e, desde 1983, na FAUTL - Faculdade de Arquitetura da Universidade Técnica de Lisboa. Integra o corpo docente da FAUP - Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto, onde leciona Urbanística Contemporânea.
Em 2005 foi galardoado com o prémio Sir Patrick Abercrombie de Urbanismo da União Internacional de Arquitetos.
Como referenciar: Nuno Portas in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-05-31 23:20:48]. Disponível na Internet: