O Crepúsculo dos Deuses

Drama norte-americano realizado em 1950 por Billy Wilder, com as interpretações principais de Gloria Swanson, William Holden e Erich Von Stroheim, de título original Sunset Boulevard. O argumento foi escrito por Billy Wilder, Charles Brackett e D. M. Marshman Jr., baseado na história "A can of beans" da autoria dos dois primeiros. É uma das mais famosas obras cinematográficas a satirizar Hollywood, num fascinante retrato da comunidade da Meca do cinema: vaidade, obsessão, loucura e morte são alguns dos temas dominantes desta história cínica e sem concessões sobre o "star-system" e o funcionamento do meio cinematográfico.
O filme inicia-se com um corpo a flutuar numa piscina de uma mansão, precisamente em Sunset Boulevard. É a voz do morto, Joe Gillis (William Holden), que vai contar em flashback os acontecimentos que levaram àquele desfecho. Joe é um argumentista desesperado por conseguir algum dinheiro. Quando foge dos homens que lhe querem tirar o automóvel, vai parar a uma velha mansão. Aí é chamado para o interior da casa por uma voz feminina. Max (Erich Von Stroheim) é o mordomo que o conduz até Norma Desmond (Gloria Swanson), uma glamorosa estrela cinematográfica do tempo do mudo. Depois de se lamentar do estado a que a indústria do cinema chegou, Norma propõe a Joe um trabalho: rescrever o argumento de "Salome", um filme que ela pretende protagonizar num almejado regresso à ribalta. A condição é que Joe fique a viver com Norma enquanto trabalha. Constantemente observado por Norma e o seu misterioso mordomo Max, Joe transforma-se num prisioneiro virtual da megalómana atriz e do seu estranho passado.
A interpretação de Gloria Swanson é notável e a sua personagem tem um paralelismo cheio de significado consigo própria. Também ela rainha do mudo dos anos 20, encetou um regresso aplaudido com este filme - precisamente o objetivo da sua personagem -, apesar de não ter conseguido o Óscar. A sua nomeação foi uma das 11 que o filme conseguiu, tendo arrecadado três estatuetas douradas: para Melhor Argumento, Banda Sonora e Direção Artística.
Como referenciar: O Crepúsculo dos Deuses in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-10-21 02:34:07]. Disponível na Internet: