O Império do Sol

Filme norte-americano que combina o drama em contexto de guerra com a aventura, Empire of the Sun foi realizado em 1987 por Steven Spielberg. As principais interpretações foram de Christian Bale, John Malkovich, Miranda Richardson, Nigel Havers e Joe Pantoliano. O argumento foi escrito por Tom Stoppard, adaptando o romance homónimo autobiográfico de J.G. Ballard.
A ação inicia-se em 1941 com a descrição riquíssima de Xangai antes da Segunda Guerra Mundial. Jim (Christian Bale) é um rapaz britânico que vive confortavelmente com os seus pais num estilo colonial, sonhando em voar e conhecendo todos os modelos de aviões. Na épica cena passada numa rua no momento em que o Japão invade Xangai, Jim emerge em definitivo como o grande protagonista da história, ficando sozinho, separado para sempre dos seus pais. O filme desloca-se depois com Jim para um campo de prisioneiros de guerra onde o jovem passa todo o período que dura o conflito. Aí surge uma série de episódios e personagens que marcarão a etapa do seu crescimento, como é o caso da sua amizade com um menino japonês ou o profundo respeito que desenvolve pelos pilotos japoneses, assim como o crescente fascínio pelos aviões e que é sublinhado em experiências quase divinas. Acaba também por encontrar uma espécie de pais adotivos - Mrs. Victor (Miranda Richardson), inglesa; e Basie (John Malkovich), um cínico norte-americano que acaba por o desiludir. Aos poucos, Jim vai conseguindo sobreviver da melhor forma possível num local que vai conhecendo cada vez melhor. Com a passagem do tempo, vai recordando cada vez menos os pais e achando que a vida ali nem é de todo má.
Como é apanágio dos filmes de Spielberg, também aqui existe uma criança à procura dos pais e a magia de procurar por algo que representa um mundo perfeito (neste caso, os aviões).
Tecnicamente notável, merece particular destaque a esplendorosa fotografia de Allen Daviau e a banda sonora de John Williams.
Obteve seis nomeações para os Óscares (Melhor Montagem, Fotografia, Banda Sonora, Guarda-Roupa, Direção Artística e Som). Venceu os BAFTA de Melhor Fotografia, Melhor Banda Sonora e Melhor Som.
Como referenciar: O Império do Sol in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-31 05:04:04]. Disponível na Internet: