Oceano (futebolista)

Futebolista português, Oceano Andrade da Cruz nasceu a 29 de junho de 1962, em São Vicente, em Cabo Verde.
Desde jovem a habitar em Portugal, representou vários clubes pequenos, como o Almada, o Odivelas e o Pescadores da Costa da Caparica, antes de dar nas vistas no Nacional da Madeira. As suas boas atuações como médio defensivo levaram o Sporting Clube de Portugal a contratá-lo em agosto de 1984. Oceano rapidamente se impôs como titular e logo em 1985 foi pela primeira vez chamado a representar a seleção de Portugal. Aconteceu a 30 de janeiro desse ano e Portugal, orientado por José Torres, perdeu em casa com a Roménia por 3-2 num jogo particular.
No Sporting fez sete épocas de bom nível, sempre como titular e marcando alguns golos. Durante este tempo Oceano foi sempre dos jogadores mais utilizados pelos diversos treinadores que o Sporting teve. No entanto, nunca conquistou nenhum título nem se assumiu como titular da seleção. Em 1991 Oceano foi transferido para um clube espanhol, a Real Sociedade, de San Sebastian, juntamente com outro sportinguista, Carlos Xavier. Nesta altura, era pouco frequente a presença de futebolistas portugueses em campeonatos estrangeiros. Oceano e Carlos Xavier fizeram três temporadas de bom nível e depois regressaram ao Sporting na temporada 1994/1995.
Oceano, que entretanto já era regularmente chamado à seleção nacional, voltou a impor-se como titular do Sporting, assumindo-se como uma das referências da equipa aos 32 anos.
Na temporada 1994/1995 conquistou o seu único título pelo Sporting, a Taça de Portugal.
Em 1996 foi um dos escolhidos de António Oliveira para representar Portugal no Europeu de Inglaterra, tendo sido um dos titulares da equipa.
Entretanto, promovido a capitão dos "leões", protagonizou quatro temporadas de grande nível até 1997/1998. Apesar de ter sido convidado a integrar a equipa técnica do Sporting, optou por jogar mais uma temporada e fê-lo no Toulouse, da I Liga francesa, após o que deixou o futebol, já com quase 37 anos.
O último jogo de Oceano pela seleção ocorreu a 22 de abril de 1998 no Estádio de Wembley, frente à Inglaterra, numa partida que Portugal perdeu por 3-0. Ao todo, Oceano fez 53 jogos pela seleção e marcou oito golos.
Como referenciar: Oceano (futebolista) in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-02-23 19:25:36]. Disponível na Internet: