Ódio de Raça

Drama de atualidade de Gomes de Amorim, cuja ação é localizada no Pará, no sertão amazónico, em 1846, e que aborda, segundo o próprio autor, as "abjeções e torpezas" resultantes da escravidão. Uma nota ao drama esclarece o título e intenção da obra: "Quando a civilização tiver destruído todas as preocupações que ainda impedem a igualdade proclamada pelo Evangelho, não haverá mais ódio de raças, nem desprezos imerecidos."
Como referenciar: Porto Editora – Ódio de Raça na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-07-25 12:41:39]. Disponível em