""Ofuro"", o Banho Ritual Japonês

A tradição do banho quente é muito antiga e, da mesma forma que outros povos, os japoneses tinham o hábito de tomar banho ao ar livre, em piscinas naturais de água mineral quente. Quando esta prática ancestral foi levada para dentro das casas, tornando-se assim acessível a todos, surgiu o "Ofuro", o banho tradicional dos japoneses, que tem lugar numa banheira de forma quadrada ou retangular de pedra ou de madeira de cedro, existente em todas as casas, desde as mais ricas até às mais modestas. Dado que não existem medidas-padrão, as banheiras podem ter as mais diversas dimensões e profundidades.
O "Ofuro" tem um carácter de ritual levado a cabo todos os fins de tarde numa banheira grande, aquecida por baixo para manter uma temperatura elevada. Mais do que uma operação de limpeza corporal, o "Ofuro" é uma verdadeira terapia para a mente, o corpo e o espírito. A água utilizada é, muitas vezes, mineral ou sulfurosa, enriquecida e perfumada com substâncias que lhe transmitem propriedades relaxantes e benéficas para a saúde. Toda a família se ensaboa e lava em selhas de madeira pequenas antes de entrar para a grande banheira comum. Se a banheira é pequena, primeiro toma banho o pai, depois a mãe, seguidamente os filhos e, no fim, os criados, se os houver. No "Ofuro" bem quente as peles avermelham-se pela aceleração da circulação sanguínea, sendo uma excelente medida para combater a fadiga e o stress, proporcionando uma vida mais calma e saudável.
Como referenciar: ""Ofuro"", o Banho Ritual Japonês in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-24 00:15:44]. Disponível na Internet: