Olga Roriz

Bailarina e coreógrafa portuguesa, nascida a 8 de agosto de 1955, em Viana do Castelo, destacou-se ao serviço do Ballet Gulbenkian.
Muito jovem mudou-se para Lisboa, onde começou por estudar dança com Ana Ivanova na escola do Teatro Nacional de S. Carlos. Aos 18 anos concluiu o curso da Escola de Dança do Conservatório Nacional de Lisboa e em 1976 ingressou no elenco do Ballet Gulbenkian, onde esteve durante cerca de 16 anos.
Depois, deu início à sua carreira de coreógrafa, mantendo a sua ligação ao Ballet Gulbenkian. Com grande sucesso idealizou mais de vinte obras, entre as quais Três Canções de Nina Hagen, Terra do Norte, Espaço Vazio, Treze Gestos de um Corpo e Isolda. As obras de Olga Roriz foram regularmente representadas em diversas salas europeias e também em países como Brasil, Egito, Estados Unidos da América (EUA) e Senegal.
Entretanto, entre maio de 1992 e outubro de 1994, Olga Roriz foi diretora artística da Companhia de Dança de Lisboa. Uns meses mais tarde, em fevereiro de 1995, fundou a Companhia Olga Roriz. Para a sua própria companhia criou obras como Propriedade Privada, Start and Stop Again, Anjos, Arcanjos, Serafins, Querobins... e Potestades e Propriedade Pública.
Enquanto coreógrafa colaborou ainda com companhias como o Ballet Teatro Guaira (Brasil), Ballets de Monte Carlo (Mónaco), Compañia Nacional de Danza (Espanha), English National Ballet (Inglaterra), Reportory American Ballet (EUA) e Maggio Danza di Firenze (Itália).
Em 1997 encenou a ópera Perséphone, de Igor Stravinsky para o Teatro Nacional de S. Carlos e, dois anos passados, fez a sua estreia enquanto encenadora de teatro na peça Crimes Exemplares, de Max Aub, num trabalho para o Teatro Plástico.
Ao longo da sua carreira, Olga Roriz foi distinguida com o primeiro Prémio Coreográfico do Concurso de Dança de Osaka, no Japão, em 1987, e com o prémio The Best Choreography of the Year da revista londrina Time Out, em 1991. Em Portugal recebeu o Prémio Almada para a Área da Dança.
Paralelamente à atividade de criadora, Olga Roriz dá aulas na Escola de Dança do Conservatório Nacional e dedica-se à fotografia.
Como referenciar: Porto Editora – Olga Roriz na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-11-29 17:50:52]. Disponível em