onda gravitacional

Uma onda gravitacional consiste numa perturbação do campo gravitacional que, de acordo com a teoria gravitacional de Einstein, deve propagar-se no vazio à velocidade da luz. A confirmação indireta da sua existência deu-se a partir de observações realizadas entre os anos 1974 e 1978 no Observatório de Arecibo (Porto Rico). Foi investigado um pulsar que pertence a um sistema estelar duplo. Esta confirmação permite a investigação de efeitos relativistas, dado que contém, para além de fortes campos gravitacionais e rápidos movimentos, um relógio natural usando a frequência do pulsar. As medições astronómicas do radiotelescópio de 300 m de Arecibo demonstraram que os dois componentes de uma estrela dupla perdem energia e vão-se aproximando mutuamente ao longo de trajetórias espirais. Supõe-se que a perda de energia é ocasionada pela emissão de ondas gravitacionais.
Como referenciar: onda gravitacional in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-28 07:42:57]. Disponível na Internet: