Ordem Religiosa da Cartuxa

Fundada em 1084, por S. Bruno (1035-1101), na Cartuxa (França), esta Ordem Religiosa foi considerada a mais rígida da Igreja. Aprovada pelo Papa Urbano II, que fora aluno de São Bruno, a Ordem Religiosa da Cartuxa é puramente contemplativa, destacando-se pela solidão e pela austeridade de vida dos seus membros, pelo jejum a pão e água às sextas-feiras, por tomarem apenas uma refeição por dia desde setembro até à Páscoa e pela recusa de carne.
Esta Ordem, em Portugal, tem a primeira filial em Évora, em 1587.
O Padre António Vieira, no Sermão de Santo António aos Peixes, refere as Cartuxas e os Buçacos (assim chamados por se terem instalado nas matas do Buçaco), que "professam mais rigorosa austeridade".
Como referenciar: Porto Editora – Ordem Religiosa da Cartuxa na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-23 09:30:58]. Disponível em