ornitorrinco

Mamífero monotrémato da família dos Ornitorrinquídeos. De aspeto fusiforme, possui uma densa e curta pelagem de cor escura no dorso e branco-acinzentada ou amarelada na porção ventral. O ornitorrinco (Ornithorrhynchus anatinus) apresenta, em vez de boca, um bico córneo semelhante aos dos patos - esta característica é única em toda a classe de mamíferos. O bico é recoberto por uma pele sensível muito importante para a busca de alimento na água, visto nadar com os olhos fechados.
O seu tronco mede entre 30 a 45 centímetros e a sua cauda, semelhante à de um castor, tem um comprimento de 10 a 15 centímetros.
O Ornitorrinco possui patas curtas e fortes que terminam em cinco dedos com garras e com membranas que, nos membros anteriores, auxiliam a natação. O macho adulto tem um esporão ligado a uma glândula de veneno nas patas posteriores. Inicialmente ambos os sexos possuem esporão mas este degenera na fêmea. É um animal de hábitos noturnos que se alimenta de vermes e pequenos crustáceos. Costuma engolir grande quantidade de lodo para aproveitar os invertebrados que nele se enterram e constituem o seu sustento.
O seu habitat limita-se aos cursos de água tranquilos, lagos e lagoas da zona leste da Austrália e da Tasmânia.
É um animal ovíparo que faz uma postura de um a três ovos (normalmente dois). Ao fim de 10 dias de incubação, os juvenis nascem cegos, sem pelagem, medem cerca de 2,5 centímetros e são alimentados a leite. Como não têm a capacidade de mamar, o leite é segregado por poros e escorre pela barriga da mãe, dando-lhes a possibilidade de o lamber. Abandonam pela primeira vez a toca quando atingem os quatro meses de vida e um comprimento de cerca de 30 centímetros.
A sua longevidade pode atingir os 15 anos.
Como referenciar: ornitorrinco in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-22 01:49:12]. Disponível na Internet: