ouriço-cacheiro

Mamífero insetívoro da família dos Erinaceídos que inclui dezassete espécies que se distribuem pela Europa, Ásia e África, onde se encontram nas orlas dos bosques com muitas moitas, parques urbanos e jardins. A principal característica deste mamífero é uma espessa camada de fortes espinhos na região dorsal. Os espinhos são utilizados como técnica defensiva, pois enrola-se sobre o abdómen apresentando um aspeto ameaçador.
O ouriço-cacheiro (Erinaceus europeus) é o mais conhecido de todos os componentes da família. O seu comprimento oscila entre os 22 e 30 centímetros e a sua cauda, que está escondida sob os espinhos mede de 2 a 5 centímetros. É um animal hibernante com atividade vespertina ou noturna (embora os juvenis tenham atividade diurna) de vida solitária e que trepa muito bem. Alimenta-se de insetos, minhocas, pequenos ratos, rãs, serpentes e bagas silvestres bem como, no outono, da fruta caída das árvores.
A época de acasalamento ocorre entre abril e agosto. A gestação dura de 5 a 6 semanas tendo 1 ou 2 partos por ano de que nascem 4 ou 5 crias. As crias são cegas e surdas. São amamentadas durante 3 ou 4 semanas, tornando-se independentes com mês e meio de vida. Quando nascem as crias possuem espinhos rombos e brancos situados na epiderme dorsal.
Como referenciar: ouriço-cacheiro in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-04-21 11:35:49]. Disponível na Internet: