ovário

Órgão par, pertencente ao aparelho reprodutor feminino. Os ovários situam-se na parte inferior da cavidade abdominal, um de cada lado, têm forma de amêndoa e tamanho aproximado de 3 a 4 cm. Estas gónadas têm como função a produção das hormonas sexuais progesterona e estrogénio, e o amadurecimento das células sexuais femininas. A rapariga já nasce com todas as células sexuais nos seus ovários, embora o processo de maturação esteja paralisado e só recomece depois de iniciada a puberdade. É após o começo desta fase que cada ovário reinicia o processo de maturação dos folículos ováricos, um em cada mês (na verdade é mais do que um que inicia o amadurecimento, mas só um é que o termina) e alternando o ovário em que essa maturação ocorre. Assim, a cada vinte e oito dias um dos ovários liberta uma célula sexual madura - este fenómeno tem o nome de ovulação. Os vinte e oito dias do ciclo são apenas uma referência, pois este tempo varia de mulher para mulher e, mesmo em algumas mulheres, pode variar de mês para mês.
Como produzem hormonas que se libertam na corrente sanguínea, os ovários são glândulas endócrinas. Na primeira metade do ciclo ovárico, até ao dia da ovulação, o ovário produz principalmente estrogénio e na segunda metade produz em maior quantidade progesterona. A produção destas hormonas sexuais é regulada pelo complexo hipotálamo-hipófise, assim como a maturação dos folículos ováricos. A atividade dos ovários está intimamente ligada à atividade do útero pelo que progesterona e estrogénio interferem com o ciclo ovárico, mas também com o ciclo uterino. Durante a gravidez e a amamentação é interrompido o ciclo ovárico, ou seja, não há maturação nem libertação de células sexuais maduras. Esta maturação e libertação começam a ser irregulares a partir do momento em que a mulher entra na menopausa, até chegar à altura em que cessa por completo.
Apesar de durante a sua vida fértil a mulher libertar apenas centenas de oócitos II, os seus ovários têm armazenados milhares de folículos. É mais uma das formas que a Natureza tem de garantir a perpetuação das espécies.
Como referenciar: ovário in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-12 13:40:14]. Disponível na Internet: