oxigénio

O oxigénio (O) é um elemento químico gasoso, não metálico, incolor e inodoro, que se localiza no grupo 16 e período 2 da Tabela Periódica.
Possui número atómico 8 e massa atómica 15,9994.
O oxigénio encontra-se no estado livre como componente do ar, do qual constitui cerca de 20% em volume. É o responsável por todos os processos de combustão e, por isso, é imprescindível para a vida. Uma quinta parte dos gases da atmosfera que rodeia a Terra é constituída por oxigénio. A água dos oceanos que cobrem grande parte do nosso planeta é composta por 90% de oxigénio e as rochas contêm 50% em média. Deste modo, o oxigénio é o elemento mais difundido na Terra.
A descoberta do oxigénio está intimamente ligada ao desenvolvimento da Química Moderna. Foi descoberto independentemente pelo químico sueco Carl W. Scheele (1742-1786), em 1771 em Uppsala na Suécia, e pelo químico inglês Joseph Priestley (1733-1804), em 1774, em Leeds, Inglaterra.
Foi o químico francês Antoine Laurent de Lavoisier (1743-1794) quem identificou as suas propriedades.
A palavra oxigénio deriva do grego oxys genos que significa produtor de ácido.
O oxigénio é pouco solúvel em água e combina-se com a maioria dos elementos formando óxidos (oxidação). Quando este processo tem lugar com produção de luz e calor designa-se por combustão e este conceito aplica-se também aos processos lentos de oxidação que ocorrem à temperatura normal nos organismos vivos (combustão lenta).
Outros compostos de oxigénio importantes são os ácidos e as bases, que se obtêm ao fazer reagir óxidos com água. Os óxidos dos não-metais dão origem aos ácidos e os dos metais às bases.
Na maioria dos compostos químicos orgânicos, como álcoois, aldeídos, ácidos orgânicos e gorduras, existem também átomos de oxigénio.
Em condições normais, o oxigénio tem dois átomos agrupados numa molécula. Se esta molécula se expõe a uma descarga elétrica ou a radiação de luz ultravioleta, sente-se um cheiro característico que indica que se formaram moléculas de oxigénio compostas por três átomos. Esta forma alotrópica do oxigénio designa-se por ozono. Este encontra-se nas camadas altas da atmosfera, formado por ação da luz ultravioleta.
Outro composto em que, como no ozono, o oxigénio se combina com oxigénio é o peróxido de hidrogénio (H2O2), vulgarmente conhecido como água-oxigenada. Esta apresenta um forte poder branqueador, pois atua como um ácido.
Industrialmente, o oxigénio obtém-se por destilação fracionada do ar previamente liquefeito. Comercialmente, encontra-se em garrafas de aço, nas quais está comprimido a uma pressão de 14 MPa.
O oxigénio utiliza-se no maçarico oxídrico, em soldadura autogénea, na preparação de aço, em aparelhos de oxigénio para respiração assistida e em respiração artificial.
Na forma líquida, é usado, juntamente com o hidrogénio líquido, como propulsor de foguetões.
Como referenciar: oxigénio in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-06 11:21:47]. Disponível na Internet: