Paço Episcopal do Porto

Edifício barroco implantado no flanco sul do Terreiro da Sé portuense, cuja traça é atribuída ao artista italiano Nicolau Nasoni. O monumento foi depois construído segundo as direções do mestre Miguel Francisco da Silva. As obras iniciaram-se na década de 30 do século XVIII e prolongaram-se por toda a centúria.
A fachada barroca ao estilo nasoniano encontra-se dividida em dois pisos e é ritmada por janelões. Os janelões do andar nobre estão ornados ora por frisos ovais, ora por lambrequins de volutas e cascas com molduras lisas alternadas por molduras onduladas. O centro do frontispício é dominado pelo monumental portal, de arco chanfrado ornado por pétalas e volutas, encimado por uma janela servida por um varandim curvo de ferro forjado. A fachada secundária, do lado oeste, é corrida por um varandim.
No interior do edifício destaca-se uma ampla escadaria de cariz cenográfico, que começa com um lanço único, que se desdobra em dois lanços convergentes, abertos para um patamar que ostenta um majestoso portal lavrado. Os muros desta escadaria encontram-se revestidos a estuques setecentistas.
Como referenciar: Paço Episcopal do Porto in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-11 17:35:18]. Disponível na Internet: