Paramaribo


Aspetos Geográficos
Capital e maior cidade do Suriname, Paramaribo situa-se na zona norte do país, distando apenas 15 km do oceano Atlântico. Encontra-se também junto ao rio Suriname. Possui cerca de 250 000 habitantes (2006).

História e Monumentos A área em que se encontra a cidade foi dominada em 1630 pela Grã-Bretanha, tornando-se capital desta colónia britânica em 1650. O território foi depois disputado entre britânicos e holandeses, ficando sob domínio holandês a partir de 1815. Durante o século XIX, a cidade foi atingida por violentos incêndios. O primeiro, em 1821, destruiu centenas de edifícios do centro; o segundo, ocorrido em 1832, destruiu mais algumas dezenas. Em 1975, tornou-se capital do Suriname independente.

Aspetos Turísticos e Curiosidades
A cidade é conhecida pela sua diversidade étnica, incluindo indianos, crioulos, ameríndios, chineses e europeus, entre outros. O centro da cidade corresponde à Praça da Independência, onde se situam o Palácio Presidencial e a Assembleia Nacional. Junto à praça fica também o Parque Palmentuin (habitado por palmeiras altas e pássaros tropicais). Outros locais de destaque são os seus museus, o Forte Zeelandia (do século XVII) e os canais ao estilo dos holandeses. Existem também diversos exemplos de arquitetura colonial holandesa, assim como diversos edifícios religiosos, refletindo precisamente a diversidade étnica (duas sinagogas, uma mesquita e uma catedral católica). Merece ainda destaque o seu mercado, situado junto ao rio. Um costume excêntrico da cidade é o concurso de canto de pássaros, realizado aos domingos e nas férias. Em 2002, o centro histórico da cidade foi classificado como Património Mundial pela forma exemplar como ilustra a fusão gradual entre a arquitetura e técnicas de construção europeias com os materiais e mão de obra sul-americanos. Esta característica é original e manteve-se preservada durante mais de três séculos.

Economia
A cidade produz especialmente cimento, tinta e cerveja. A partir da cidade exportam-se também bauxite, cana-de-açúcar, arroz, cacau e café. É o centro administrativo do país e tem beneficiado em termos turísticos com a boa preservação do seu centro histórico. É servida por um aeroporto internacional.
Como referenciar: Paramaribo in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-16 15:00:29]. Disponível na Internet: