Paraná

O estado do Paraná faz parte dos estados que compõem a Região Sul do Brasil. Faz fronteira a norte e a nordeste com os estados de São Paulo, a leste com o oceano Atlântico, a sul com o estado de Santa Catarina, a sudoeste com a Argentina, a oeste com o Paraguai e a noroeste com o estado do Mato Grosso do Sul. A capital é Curitiba. O estado de Paraná tem uma área de 199 314 km2 e uma população de 10 387 378 habitantes (censo de 2006). A densidade populacional é de 52,11 hab/km2 e a média de vida é de 73, 2 anos. O Trópico do Capricórnio atravessa o estado.
O relevo no litoral é caracterizado pela planície aluvial e a presença de terrenos elevados dos quais se destaca a Serra do Mar. Para o interior ficam os planaltos de formação distinta, em que predominam as formações basálticas com altitudes acima dos 600 m. O ponto mais alto do estado é o pico Paraná com 1922 m de altura que fica na Serra do Mar. A vegetação no litoral é composta por mangais e mata atlântica. Para oeste fica a floresta tropical e na região centro, a floresta de araucárias, ou pinheiro brasileiro. Os rios que atravessam o território são o Paraná, o Iguaço, o Ivaí, o Tibagie o Piriqui e são adequados à produção de energia elétrica. O clima, sub-tropical húmido, é ameno a norte e temperado a sul. O clima é condicionado pelo facto do território do Paraná se situar a sul da zona tropical.
A colonização do Paraná começou com a exploração da madeira logo seguida da prospeção aurífera. No século XVII, a região de Minas Gerais tomou a liderança neste setor e a pecuária passou a ser a principal atividade em conjunto com a captura dos índios para o trabalho escravo. Com a independência da Província de São Paulo, o Paraná fomentou uma política de emigração europeia e japonesa. As culturas do café, em conjunto com a erva-mate e as madeiras relançaram a economia no final do século XIX. Na primeira década do século XX teve lugar a Guerra do Contestado. Santa Catarina e Paraná lutavam pela posse da região do Contestado que ficava na fronteira dos dois estados. Hoje em dia, a economia do estado encontra-se direcionada para a exportação de grãos e de energia elétrica, contribuindo para um quarto da energia produzida no país. O ecoturismo é outro setor onde se tem investido nas últimas décadas. A Serra do Mar alberga 72% da flora e fauna do Paraná e a sua importância foi reconhecida pela UNESCO que a classificou como Reserva da Biosfera em 1991.
Como referenciar: Paraná in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-18 08:23:47]. Disponível na Internet: