Pato Fu

Banda brasileira de rock alternativo formada em 1992, em Belo Horizonte, Brasil. As raízes dos Pato Fu estão na loja de artigos musicais que Fernanda Taikai, na época vocalista da banda Fernanda & 3 do Povo, frequentava à procura de encordoamentos para as suas guitarras. Da amizade com algumas pessoas dessa loja, nasceria a ideia de fundar uma nova banda. À voz de Fernanda, juntaram-se John Ulhoa e Ricardo Koctus, ambos da banda Sustados por um Gesto. Decidiram chamar Pato Fu ao trio, inspirando-se numa história de Garfield. A primeira demo do novo grupo seria registada no final desse ano, altura em que começaram a apresentar-se ao vivo em Belo Horizonte. No ano seguinte, integraram o programa do Rock Brasil, ao lado dos Paralamas do Sucesso, dos Skank, dos Barão Vermelho e dos Titãs. Ainda nesse ano, concluíram as gravações do primeiro álbum. O registo não teve grande sucesso mas uma atuação no Rio de Janeiro, em 1994, chamou a atenção de um executivo da BMG. Assinaram contrato com esse selo e, já nesse compromisso, gravaram o segundo álbum. Do alinhamento do disco constavam canções como "Sobre o Tempo" e "Qualquer Bobagem". Com esses êxitos o grupo viria a ser agraciado com um prémio revelação dos Video Music Awards da MTV Brasil. Na sequência da crescente mediatização do grupo, tocaram pela primeira vez nos Estados Unidos, trocando a bateria de síntese por um músico, Xande Tamietti. Em 2001, foram um das bandas convidadas para o Rock in Rio III. Por ocasião dos dez anos de carreira, juntaram o seu nome à lista de músicos convidados para um especial MTV.

Discografia
1993, Rotomusic de Liquidificapum 1995, Gol de Quem
1996, Tem Mas Acabou
1998, Televisão de Cachorro
1999, Isopor
2001, Ruído Rosa
2002, MTV ao Vivo - no Museu de Arte da Pampulha
2005, Toda Cura Para Todo Mal

Como referenciar: Pato Fu in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-15 15:51:55]. Disponível na Internet: