Artigos de apoio

paulismo
Movimento literário de vanguarda criado por Fernando Pessoa, cuja designação deriva da palavra "Pauis", com que começa o poema Impressões de Crepúsculo, considerado um texto programático desta estética e que influenciará também composições de Mário de Sá-Carneiro ou Cortes Rodrigues. Com raízes no Simbolismo e no Decadentismo, o Paulismo caracteriza-se por traços como: o desejo de transmitir impressões vagas e difusas, o recurso frequente à sinestesia, aos pontos de suspensão, à construção tendencialmente nominal da frase ou sintaticamente insólita, à maiusculação de termos, à profusão metafórica, uma tendência para a evocação de paisagens esfumadas e crepusculares, para o esteticismo, para a expressão do tédio, da melancolia e do absurdo. O Paulismo identifica-se com uma poesia "marcada por um denso envolvimento imaginário, sem que nele se deixe entrever um nexo lógico, devido ao modo como múltiplos pontos de fuga vêm confrontar a sua leitura com o vago, a ampliação significativa, as diversificadas associações ou transposições, a possibilidade de, como disse Pessoa nos seus artigos publicados em A Águia, encontrar em tudo um além" (GUIMARÃES, Fernando - O Modernismo Português e a sua Poética, Porto, Lello, 1999, pp. 69-70).
Como referenciar: paulismo in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-11-25 09:18:16]. Disponível na Internet: