Artigos de apoio

Paulo Teixeira
Licenciado em Geografia e Planeamento Regional, professor do ensino secundário em Portimão, tem merecido o reconhecimento da crítica como poeta, tendo recebido o Prémio Revelação de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores, para Epos, e o Prémio Eça de Queirós - Poesia da Câmara Municipal de Lisboa para Inventário e Despedida. Inserida num contexto literário pós-modernista, na poesia de Paulo Teixeira confluem leituras, textos e micronarrativas da vivência subjetiva, interpretada à luz de um visionarismo de sentido finissecular: "As coordenadas humanas / são o nascimento e a morte o que nos resta/ da luta paciente conta a pedra da palavra. / O verbo é vida e a vida é decadente." (de "Epílogo", in Epos).
Como referenciar: Paulo Teixeira in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-07-25 11:48:21]. Disponível na Internet: