Pedro Lamy

Piloto português nascido em 1972, em Aldeia Galega, Alenquer. A sua carreira nas competições motorizadas começou no motociclismo juvenil. Conquistou o primeiro título do seu palmarés, campeão de mini-velocidade, com apenas seis anos. Mais tarde, foi campeão de mini-cross, conquistando o cetro ibérico. Aos treze anos passou para o karting e, posteriormente, para a Fórmula Ford, tendo sido campeão nacional. Ingressou na Fórmula 1, em 1993, na equipa Lotus-Ford, depois de ter sido campeão europeu de Fórmula Opel-Lotus e vice-campeão mundial de Fórmula 3000. Esteve fora das pistas na época de 1994, devido a um acidente na pista inglesa de Silverstone. Regressou às corridas na equipa Minardi em 1995. Participou em alguns campeonatos pela equipa da Porsche, entre os quais o campeonato FIA GT e FIA GT2, onde somou três vitórias. Em 1998, o piloto teve uma ótima prestação em Le Mans, terminando em 2.º lugar no GT2, e sagrou-se campeão do mundo no campeonato FIA GT2. Em 1999, Pedro Lamy foi obrigado a desistir das 24 Horas de Le Mans devido a um acidente de pista. Posteriormente, participou no American Le Mans Series, competição disputada nos mesmos moldes de Le Mans.
Após a sua passagem no campeonato alemão de Turismo (DTM), em 2001, Pedro Lamy voltou a participar nas 24 Horas de Le Mans. Em 2002, o piloto português ingressou na Zakspeed Racing para disputar o Campeonato de Turismo V8 Star. Porém, devido a uma série de problemas, Lamy, não foi além de uma vitória e três pole position neste ano de estreia. Ainda nesse ano venceu as 24 Horas de Nurburgring ao volante de um Chrysler Viper. Na sua quinta participação nas 24 Horas de Le Mans ficou em 5.º lugar. Em 2003, Lamy venceu o Campeonato de Turismo V8 Star.
Para a época de 2004, o piloto português foi contratado para correr no Campeonato Le Mans Endurance, ao comando de um Ferrari 550 Maranello.
Como referenciar: Pedro Lamy in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-06 11:14:14]. Disponível na Internet: