pele

Os seres vivos caracterizam-se por possuir um meio interno em equilíbrio e diferenciado do meio externo. Tal só é possível graças à existência de uma membrana que faz a separação entre estes meios, funcionando como um revestimento. No Homem, tal como nos vertebrados, este revestimento ou tegumento é denominado pele e apresenta uma estrutura complexa, com três camadas.
A pele reveste externamente todo o organismo, funcionando não apenas como fronteira de delimitação, mas, também, como uma superfície de regulação e receção de informação. Ela é formada por três camadas adjacentes e contínuas: superficialmente, a epiderme, abaixo da qual se situa a derme e, sob esta, a hipoderme.
A epiderme é delimitada, inferiormente, pela camada basal, formada por células em constante divisão, que originam novas células em direção ao exterior. Esta camada é pluriestratificada, apresentando as células acumulações, no seu interior, de uma substância proteica insolúvel e impermeável, que forma também as unhas: a queratina. A acumulação de queratina é sucessivamente maior à medida que nos aproximamos das camadas mais superficiais, formadas por células mortas, que vão descamando e sendo substituídas por outras, assegurando a constante renovação da epiderme.
Na base desta camada situam-se os melanócitos, células que acumulam no seu interior pigmentos responsáveis pela cor da pele e que têm por função a defesa contra radiações ultravioleta.
A epiderme não tem vasos sanguíneos, recebendo os gases respiratórios e nutrientes por difusão, a partir da derme.
A continuidade da pele é interrompida pela abertura das glândulas sudoríparas e pelos pelos, com origem ao nível da derme.
A derme é a camada mais espessa, sendo formada por tecido de tipo conjuntivo. Nela encontram-se vários vasos sanguíneos, nervos, fibras elásticas e colagéneas, bem como os músculos elevatórios dos pelos. Existem, nesta camada, invaginações da epiderme, onde se formam os folículos pilosos, as glândulas sebáceas e sudoríparas da pele.
Na derme podem ainda ser encontrados vários recetores nervosos livres para a dor, pressão, temperatura e tato, assim como outras estruturas nervosas especializadas, tais como os corpúsculos de Pacinni (recetores de estímulos de pressão e vibração) e de Meissner (tato).
A hipoderme pode ser encontrada abaixo da pele de aves e mamíferos, sendo uma camada de tecido adiposo subcutâneo, que atua como uma reserva energética e um isolante térmico e mecânico.
Como referenciar: pele in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-11-30 17:38:36]. Disponível na Internet: