Pelé

Futebolista brasileiro, de seu nome Edson Arantes do Nascimento, nascido a 23 de outubro de 1940, em Três Corações. Membro de uma família pobre, desde cedo revelou querer seguir as pisadas do pai e tornar-se futebolista. Começou a jogar futebol nas ruas, onde adquiriu o apelido de Pelé.
Aos quinze anos já revelava imenso talento e foi o Santos que o acolheu na equipa junior, após o São Paulo o ter recusado. Contudo, pouco tempo esteve nos juniores, pois o talento que revelava, a técnica sobre a bola, a sua extraordinária capacidade de passe aliada a um instinto pouco comum, rapidamente o levaram à equipa principal, onde se afirmou como uma estrela em ascensão. Ainda não tinha 18 anos quando representou o Brasil no Mundial de 1958, na Suécia. Nessa competição Pelé marcou seis golos, três dos quais à França e dois na final contra a Suécia. Pelé venceu mais dois mundiais (1962 e 1970), tornando-se no primeiro jogador a alcançar este feito. Porém, a sua participação nos mundais de 1962 e 1966 ficou marcada pelas lesões que limitaram a qualidade do seu jogo.
A nível de clubes, levou o Santos não só à conquista de muitos títulos internamente, como também foi um dos responsáveis por tornar o Santos campeão mundial de clubes em 1962 e 1963. Foi também onze vezes o melhor marcador do campeonato paulista. Em 1969, alcançou a notável marca de 1000 golos.
Retirou-se do futebol quando se tornara num dos atletas mais famosos do mundo. Ao contrário do esperado regressou à competição em 1975 para jogar no New York Cosmos da emergente liga norteamericana. Pelé retirou-se, definitivamente, depois de vencer o título no Cosmos, em 1977. Ao longo da sua carreira de futebolista profissional, marcou 1281 golos em jogos oficiais, que ainda hoje são um recorde mundial.
Ao longo dos anos foi-se tornando um empresário bem-sucedido. O seu elevado prestígio internacional tem-no levado a ocupar cargos de destaque, como o de Ministro dos Desportos do Brasil e o de embaixador da boa vontade da Organização Mundial de Saúde. Manteve-se, também, sempre atento à evolução do futebol nos Estados Unidos, país onde foi sempre um dinamizador e impulsionador da modalidade
Foi considerado, pela sua técnica extraordinária, força, eficácia no remate, velocidade e leitura de jogo um dos melhores e mais completos futebolistas de todos os tempos, sendo provavelmente a figura mais lendária do futebol e que muitos recordam como o "Rei".
Como referenciar: Pelé in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-11-30 17:49:18]. Disponível na Internet: