pentatlo

O pentatlo moderno é composto por cinco modalidades que são uma corrida a cavalo, uma de corta-mato, uma prova de natação, esgrima e tiro com pistola. Um sistema de pontuação dita o vencedor. No entanto, na Grécia antiga, o pentatlo incluía uma corrida com cerca de 170-180 metros, o salto em comprimento, os lançamentos do disco e do dardo e uma luta livre, esta destinada apenas aos dois melhores atletas nas quatro provas anteriores. Naquela época as cinco provas eram disputados todas no mesmo dia.
O pentatlo faz parte da história dos Jogos Olímpicos desde 1912, na edição de Estocolmo, na Suécia. O fundador dos Jogos, Pierre de Coubertin, inspirou-se numa lenda da guerra franco-prussiana, no século XIX, segundo a qual um jovem oficial do exército de Napoleão, para cumprir a sua missão, teve que eliminar dois inimigos, um com espada e outro a tiro, cavalgar, nadar e correr pelos campos. Dessa forma, idealizou o pentatlo moderno, que pretendia homenagear o da Grécia antiga. Assim, durante quatro décadas, a maioria dos atletas que participou no pentatlo eram militares. O pentatlo moderno, que até 1960, em Roma, com exceção da edição de Berlim em 1936, foi totalmente dominado pelos suecos, tem a honra de ser a única modalidade criada especificamente para os Jogos Olímpicos.
O primeiro medalhado com ouro foi o sueco Gustaf Lilliehook, mas um dos atletas que mais se destacou foi o então tenente norte-americano George S. Patton, que mais tarde viria a ser um famoso general na Segunda Guerra Mundial. Patton esteve perto de alcançar uma medalha, mas a sua teimosia em usar na prova de tiro a pistola do exército em vez de uma mais precisa atirou-o para o quinto lugar final. Note-se que só em 1952, em Helsínquia, é que um civil ganhou pela primeira vez a prova, o carpinteiro sueco Lars Hall. O pentatlo detém ainda uma distinção pouco agradável, já que o primeiro atleta apanhado com doping em Jogos Olímpicos era praticante desta modalidade. Aconteceu em 1968, no México.
A princípio, o pentatlo era disputado ao longo de cinco ou seis dias, mas desde a edição de 1996, em Atlanta, passou a decorrer num único dia, em doze horas, para tentar tornar a prova mais atrativa. Nesse sentido, foram já sugeridas outras alterações, como a substituição da prova equestre por uma de bicicletas todo-o-terreno, mas até agora não houve modificações.
Uma versão de pentatlo por equipas foi introduzida em 1952, em Helsínquia, mas acabou nos Jogos de Barcelona em 1992, enquanto a primeira prova feminina surgiu nos Jogos Sydney'2000.
Em 2004, a portuguesa Naide Gomes sagrou-se campeã mundial do pentatlo.
Como referenciar: pentatlo in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-13 09:32:58]. Disponível na Internet: