periderme

É um tecido secundário que constitui uma camada protetora substituta da epiderme dos caules e raízes e outras partes das plantas que experimentam crescimento secundário.
A periderme é constituída, em grande parte, por tecido suberoso, para além do felogénio e da feloderme. Na maioria das dicotiledóneas e gimnospermas, a primeira periderme aparece, geralmente, durante o primeiro ano de crescimento da raiz ou do caule, em regiões da planta em que não ocorre mais alargamento. Nos caules, o felogénio origina-se, de uma maneira geral, a partir de uma camada de células corticais situadas imediatamente abaixo da epiderme, embora em muitas espécies se origine na epiderme. Nas raízes, o primeiro felogénio forma-se a partir de divisões das células do periciclo e as células-filhas externas originam um revestimento completo de felogénio. Repetidas divisões do câmbio originam a formação de camadas radiais de células agrupadas de forma compacta, cuja maioria é formada por células suberosas. Durante a diferenciação das células suberosas, as suas paredes internas são revestidas por uma camada de substância lipídica denominada suberina que torna o tecido impermeável à água e aos gases. As paredes das células suberosas podem lenhificar-se. Na maturidade as células suberosas morrem enquanto que as células da feloderme se mantêm vivas, carecendo de suberina e assemelhando-se a células parenquimatosas. As células felodérmicas distinguem-se das células corticais pela sua localização mais interna nas zonas radiais de outras células peridérmicas.
Quando da formação da primeira periderme da raiz, o córtex, incluindo a endoderma, e a epiderme ficam isolados do resto da raiz e morrem.
Como a primeira periderme do caule se forma imediatamente por baixo da epiderme, o córtex do caule não é eliminado no primeiro ano embora a periderme seque e seja eliminada.
Como referenciar: periderme in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-04-25 07:30:57]. Disponível na Internet: