periodização

O tempo é, para a História, um dos fatores mais importantes. Perceber e estudar a História seria impossível, sem as divisões temporais que lhe imprimimos. Há, assim, grandes compartimentos, como a Antiguidade, a Idade Média, o Renascimento. Uma das divisões mais conhecidas é a caracterizada e estudada por Fernand Braudel, de tempo curto, médio e de longa duração. Cada um destes tempos tem o seu valor e todos se complementam.
Contudo, o tempo curto é muito apreciado quando se trata de uma história factual, de acontecimentos e dinastias. Deste modo poderemos conseguir uma cronologia de factos e pessoas, que deve ser complementada com estudos de média e longa duração.
A História dos fenómenos económicos e sociais privilegia o tempo médio, que pode comportar até algumas décadas.
Há, contudo, mudanças mais lentas, que abarcam o tempo longo das estruturas, como as mentalidades. Este tempo longo engloba séculos.
Como referenciar: periodização in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-22 02:59:28]. Disponível na Internet: