Peter Schmeichel

Guarda-redes dinamarquês nascido a 18 de novembro de 1963, em Soborg, na Dinamarca. Em agosto de 1972 fez a sua estreia no futebol, desde logo como guarda-redes, num pequeno clube dos arredores de Copenhaga, cidade onde vivia. Na sua infância e juventude representou diversos clubes de Copenhaga e começou a dar nas vistas, de tal forma que aos 17 anos foi convocado para jogar numa seleção regional.
O seu talento passou a ser seguido com mais atenção e, aos 20 anos, foi contratado pelo Hvidovre, da Primeira Divisão dinamarquesa. Esteve três anos neste clube, até ser contratado por um outro ainda mais forte, o Brondby. Aqui, em cinco temporadas, entre 1986/87 e 1990/1991, conquistou por quatro vezes o campeonato dinamarquês da Primeira Divisão.
Entretanto, a 20 de maio de 1987 tinha-se dado a estreia de Schmeichel na seleção dinamarquesa, num jogo em que a sua equipa venceu por 5-0 a Grécia. A partir daí foram poucas as vezes em que Schmeichel não vestiu a camisola número um da Dinamarca, totalizando mais de 100 internacionalizações. Schmeichel já tinha ganho fama internacional e perto dos 28 anos mudou-se para o futebol inglês, para representar o Manchester United. Começou então a fase mais importante da carreira do guarda-redes dinamarquês. Logo na primeira temporada (1991/1992) ao serviço do Manchester United foi vice-campeão inglês, mas a principal surpresa aconteceu em junho de 1992. A seleção dinamarquesa, com Schmeichel à baliza, sagrou-se campeã europeia na Suécia, depois de ter sido repescada em cima da hora para a competição para substituir a Jugoslávia.
No final desse ano, o guardião dinamarquês foi eleito pela primeira vez o melhor guarda-redes do Mundo, feito que repetiu logo no ano seguinte, para o que muito contribuiu a vitória do Manchester United na Primeira Liga Inglesa.
Até 1999, altura em que deixou o clube, Schmeichel conquistou no total cinco campeonatos, três taças de Inglaterra e um taça da Liga inglesa. Em setembro de 1995, Schmeichel tinha conseguido um feito raro num guarda-redes: marcar um golo. Aconteceu num jogo da Taça UEFA contra o Rotor Volgograd.
O ciclo de Peter Schmeichel no Manchester United foi encerrado da melhor maneira em 26 de maio de 1999, em Barcelona, na Espanha, quando a sua equipa venceu a Liga dos Campeões, a prova de clubes mais importante da Europa. O Manchester United bateu na final a formação alemã do Bayern de Munique por 2-1. Mais tarde nesse ano, Schmeichel voltou a ser eleito o melhor guarda-redes do mundo.
Cansado da pressão de ter de fazer mais de 40 jogos por temporada, abandonou o futebol inglês e mudou-se em julho de 1999 para Portugal, onde representou o Sporting nas épocas 1999/2000 e 2000/2001. De novo, somou mais um título nacional ao seu currículo, pois em 1999/2000 ajudou o clube de Lisboa a vencer o campeonato português, algo que não sucedia há praticamente 18 anos.
Na época 2001/02, transferiu-se para o Aston Villa, consumando assim o seu regresso a terras britânicas. A sua última época, 2002/03, efetuou-a ao serviço do Manchester City, clube que representou apenas uma época.
Em maio de 2003, retirou-se da competição após sofrer uma lesão.
Como referenciar: Peter Schmeichel in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-21 05:58:07]. Disponível na Internet: