Piero della Francesca

Originário de uma localidade próxima de Arezzo, pouco se sabe acerca da sua biografia. Na sua cidade natal cria o políptico Misericórdia (1462?) e o fresco Ressurreição (1460?), onde utiliza várias perspetivas. O conjunto de frescos realizados para a capela de S. Francisco de Arezzo representam A Lenda da Verdadeira Cruz (1452-59) e são os mais representativos do seu trabalho. A obra incompleta A Natividade encontra-se atualmente em Londres. O sentido poético da arte de Piero della Francesca exprime-se no sentimento de intemporalidade transmitido pela harmonia dos tons claros e pelo tratamento dado às figuras, tratadas em volumes simples. O termo que melhor define a sua arte é "tranquilidade", o que não dispensa um tratamento técnico rigoroso. O estudo da perspetiva, nomeadamente, absorveu o pintor, tendo dedicado os últimos anos da sua vida a escrever tratados sobre matemática e perspetiva.
Como referenciar: Piero della Francesca in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-18 17:38:30]. Disponível na Internet: