Pierre Marty

Psicanalista conceituado, Pierre Marty nasceu em Paris em 1918 e foi reconhecido como sendo o pioneiro da psicossomática. Este termo não foi criado por si, mas foi ele que tornou a psicossomática matéria distinta da medicina e da psicanálise, tendo como objeto de estudo a unidade fundamental do ser humano na sua vertente psíquica, biológica, histórica e social. A psicossomática oferece assim uma conceção coerente e objetiva dos fenómenos da somatização.
Para Pierre Marty, a melhor defesa contra as doenças para o organismo é o funcionamento mental, ou seja, os sujeitos que têm um bom funcionamento mental, são e forte, estão menos sujeitos a doenças graves, enquanto que aqueles que possuem um espírito negativista e um ego frágil, ou ainda que reprimem as representações mentais, têm uma maior tendência a adoecer com doenças graves.
Juntamente com Michel Fain e outros, Marty fundou a Escola de Psicossomática de Paris em 1962. Segundo Marty, o próprio sujeito tem assim uma participação ativa na eclosão da sua doença, e por consequência interage com os seus próprios processos e mecanismos de defesa. Aqui iniciou a criação de um corpo terapêutico e técnico psicanalítico, tendo em conta o seu campo de aplicação. Em 1968, Pierre Marty criou um centro de consultas, que se transformou mais tarde, em 1972, no Instituto de Psicossomática de Paris. Neste Instituto, os psicanalistas são formados na clínica, teoria e prática psicossomática de forma a utilizarem terapêuticas e tratamentos baseados em psicoterapias psicanalíticas. As afeções psicossomáticas estudadas por Marty são extremamente variadas sendo as mais importantes e relevantes o cancro, a doença de Crohn, as colites ulcerosas, as doenças do sistema osteoarticulatório, a hipertensão arterial, a asma, entre outras.
Em 1978, Pierre Marty abre o Hospital de Poterne des Peupliers, que tem como principal atividade o despiste, prevenção e tratamento das doenças somáticas de adultos e crianças e ainda formar técnicos de psicossomática e promover a investigação neste campo. Após a sua morte, o hospital passou a chamar-se Hospital Pierre Marty.
Pierre Marty morreu no ano de 1993 em Paris.

Como referenciar: Pierre Marty in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-08 11:07:25]. Disponível na Internet: