Pio XII

Homem de grande dimensão religiosa (1876-1958), ascendeu ao sólio pontifício em 1939, depois de ter sido Númio Apostólico em Munique e depois Berlim, em plena vigência do regime Nazi. Desde 1930 foi cardeal-secretário de Estado, tendo traçado a Concordata com Hitler em 1933. Tentou evitar a eclosão da Segunda Guerra Mundial, mas, não o conseguindo, tentou humanizar as nefastas consequências do conflito, sobretudo para prisioneiros de guerra e refugiados. Porém, as suas atitudes para com o povo judeu, têm causado controvérsia, acusado, por vezes, de ter usado pouco a sua influência para evitar a perseguição destes pelos nazis. Depois do fim da Segunda Guerra Mundial, preocupou-se com o futuro dos católicos nos países comunistas.
No campo doutrinal definiu a posição da Igreja nos mais variados assuntos e definiu, também, o dogma da Assunção da Nossa Senhora, em 1950. Internacionalizou a Cúria Pontifícia e o Sacro Colégio. Promoveu a reforma litúrgica dos estudos bíblicos.
Como referenciar: Pio XII in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-09 16:49:40]. Disponível na Internet: